Sign In

Eventos

02 - Vila Verde Catuaí

Vila Verde Catuaí, feira de produtos naturais 

Toda quarta-feira, das 17h às 22h, expositores vão oferecer o melhor da produção regional em evento no estacionamento do Shopping  

O Catuaí Shopping abre um evento inédito, sintonizado com a tendência crescente de busca pela alimentação saudável, consumo consciente e qualidade de vida. A “Vila Verde Catuaí” será realizada semanalmente das 17h às 22h, ofertando o que há de melhor na produção regional.

As barracas terão grande variedade de produtos, como o shiitake cultivado em Ibiporã há mais de 20 anos, um sucesso na mesa dos que não abrem mão do saudável cogumelo na dieta. Ou os laticínios orgânicos da Estância Baobá, famosos pelo qualidade e modo de fabricação sustentável na vizinha Jaguapitã. Também estarão na feira as conhecidas compotas e patês tradicionais da Pousada Marabú, de Rolândia. 

Um grande leque de produtores regionais se reunirá toda quarta-feira, até o final de novembro, na área externa da entrada principal do Shopping. Serão 16 edições repletas de novidades neste segmento, que desponta entre os que mais crescem no País e no mundo.

A feira do Catuaí será uma nova opção de compras de produtos que não são facilmente encontrados no varejo tradicional, além de ótima pedida para o descanso de final de tarde em família e entre amigos. E com o diferencial de ser noturna, facilitando a vida dos consumidores que poderão sair do trabalho e ir direto para a “Vila Verde”, onde será possível degustar delícias saudáveis nos bistrôs, ouvir música ao vivo, levar as crianças para a diversão em uma estação de brinquedos e relaxar ao ar livre. 

“O Catuaí quer oferecer ao cliente uma nova alternativa para a aquisição de produtos naturais e também uma opção diferente de lazer, sintonizada com a tendência crescente da busca pela saúde, qualidade de vida e bem-estar”, diz o superintendente do Shopping, Fabiano Batista. “Nosso propósito é atender as pessoas que consomem não só produtos nessa linha, mas um estilo de vida”, explica.

Entre os expositores presentes na Vila Verde Catuaí estão Barro Blue, Shiitake, Akko Saladas, Forno, Magnólia Floral, Baobá, Marabú, Chácara Santo Antonio, Regina Elena Minto Mosaicos, Le Gusta Temperos, Chácara São José e Ukalaa Artesanatos, Comidaria Green, Green 4 Food, Parr Kitchen, Chão Comum, Chácara São Virgilio e produtores orgânicos da região. Ao longo do evento outros expositores serão incorporados à feira, oferecendo a cada edição novidades aos frequentadores.


Serviço – “Vila Verde Catuaí”

Data: De 16/08 a 29/11 (toda quarta-feira)

Horário: Das 17h às 22h

Local: Estacionamento (entrada principal do Catuaí Shopping Londrina)

Acesso gratuito

 

EXPOSITORES DA VILA VERDE CATUAÍ

Parr Kitchen

A história da Parr Kitchen começou com duas amigas cansadas da busca sem sucesso por produtos 100% naturais e saborosos. Elas resolveram então desenvolver elas mesmas receitas de snacks deliciosos e realmente saudáveis. São produtos sem glúten, livres de aditivos químicos, conservantes, aromatizantes, soja, açúcar de cana e refinados. Entre eles estão a Granola Eat Love, que ativa as enzimas digestivas, ajuda na prevenção do câncer e melhora o trato urinário, e os Cookies Eat Joy, ricos em fibras e gorduras boas, sem adição de açúcar e que derretem na boca. De acordo a sócia-proprietária Fernanda Boechat, a Parr Kitchen tem como objetivo comprovar que ‘alimentos de verdade’ são feitos com ‘ingredientes de verdade’. “Nada de usar ingredientes que nossa avó jamais teve em sua geladeira”, diz, resumindo a filosofia da marca.

 

Comidaria Green

O Comidaria Green é um restaurante que serve comida por quilo. Foi aberto em outubro de 2015 pela chef Tutty Fujarra, graduada em Direito e Educação Física mas uma apaixonada pela culinária. “O restaurante tem um ambiente bem tranquilo e traz o relaxamento que as pessoas precisam para a pausa do almoço. As comidas são preparadas de forma caseiríssima, com muito carinho e ingredientes fresquinhos, procurando sempre pelos produtos livres de agrotóxicos”, afirma. 

O Comidaria Green oferece opções balanceadas de dietas veganas, vegetarianas, crudívoras e carnívoras. Com um buffet de saladas grande e variado, com folhas, grãos, legumes e vegetais, a chef firma parcerias com produtores orgânicos e locais, o que garante sempre o frescor e o sabor dos alimentos. O buffet de saladas é variado, com muitas opções não só de folhas mas também grãos, legumes, vegetais e outros. A chef firma parcerias com produtores orgânicos e locais, o que garante sempre o frescor e o sabor dos alimentos. Sobre a Vila Verde Catuaí, ela afirma: “Estamos bem animadas com a oportunidade que a Feira irá oferecer para todo o público de conhecer produtores locais, trocar experiências e saber que é possível saber de onde vem o que você consome e quem produz”. 

 

Green4Food

A granola fresca, crocante e sem conservantes de Thamar Gomes vai estar na Vila Verde Catuaí em três versões: tradicional, cacau com avelã e mel com cranberry. Ela mesma produz o grão que é encontrado em restaurantes locais de produtos naturais, uma tradição familiar já de muitos anos que agora chega ao mercado. A Green4Food entrega o produto em domicílio duas vezes por semana, atendendo pedidos feitos por telefone. A  feira do Catuaí, para Thamar, é uma oportunidade única de um contato face a face com o consumidor do seu produto. “Não é sempre que conseguimos contar como é o processo de produção para quem vai consumir”, diz.

 

 Vida Frutê

As saladas de frutas sem adição de açúcar da Vida Frutê estarão na Vila Verde, adoçando o paladar dos consumidores e estimulando a alimentação saudável de seus clientes. Com a praticidade de oferecer frutas cortadas e em embalagens práticas, a marca vem conquistando o público de Londrina e região desde 2015. A proprietária Mariana Lopes Brandão afirma que a procura por alimentos saudáveis cresce a cada dia. E acredita que a feira do Catuaí vai abrir ainda mais portas para esse segmento. “Comecei a trabalhar com as frutas em julho de 2015, vendendo porta a porta, com a grande procura pelo produto e com os convites para participar dos eventos, vi a necessidade de formalizar meu negócio. Na Vila Verde espero divulgar meu produto, conhecer outros produtores e conquistar novos clientes, ampliando minha de relacionamentos”, diz.

  

Le Gusta Temperos

Temperos feitos com especiarias naturais, em grande variedade de opções e muito sabor. Esse é o “cardápio” que o Le Gusta Temperos, de Adelson e Fernanda Rosa, levará à feira do Catuaí. Os visitantes poderão degustar, por exemplo, o molho pesto nas versões tomate seco e castanha de caju A linha de 14 itens – dos quais 12 tipos de temperos - não leva conservantes e segue uma tradicional receita de família.“A feira do Catuaí será ótima para apresentarmos nossos produtos”, afirma Adelson, contando que a ideia de comercializar os temperos partiu, em 2013, da observação do grande sucesso que fazia o condimento preparado por sua sogra. “Começamos a envasar em pequenas quantidades, mas o interesse foi crescendo. Hoje ampliamos a linha, temos temperos para o uso em legumes, caldos, carnes. Todos estão na Vila Verde Catuaí”, afirma.

 

Baobá

Presentes na Vila Verde Catuaí, os produtos agroecológicos da Estância Baobá são livres de pesticidas, herbicidas, hormônios ou antibióticos. “Todos são elaborados com matéria-prima obtida dentro da Estância , sempre pensando no bem estar animal, num futuro sustentável e na nossa saúde”, diz Livia Trevisan, que resolveu viver na estância em Jaguapitã, ao lado do marido Samuel Cambefort,  em busca de mais qualidade de vida. 

Marabú

Geleias e patês deliciosos, produzidos na Pousada Marabú, de Rolândia, vão estar na feira do Catuaí.  A cada edição, Adrian Saegesser diz que pretende oferecer também a opção de pelo menos um salgado vegano aos frequentadores. A Pousada Marabu tem sua origem na história do casal de pioneiros suíços Arnold e Alice Rechsteiner que chegaram ao Brasil em 1937 e se especializaram em plantar frutas e verduras. Logo, Alice começou a fazer compotas, geléias e patês com a abundância que a nova terra produzia. Os pioneiros deixaram as receitas para seus familiares, que mantêm a tradição. “Nossa produção é sempre sob o conceito sustentável, de respeito ao meio ambiente”, afirma Adrian. A feira do Catuaí Shopping, para ele, será ótima oportunidade de contato direto entre produtores e consumidores. “Essa interação quase nunca é possível e é de grande importância”, afirma.

 

Shiitake

Samuel Koji Takahashi, produtor de Shiitakes, traz para a Vila Verde hortaliças e cogumelos que levam consigo uma história de mais de vinte anos. “Meu pai cultivava hortaliças em geral, em 1996 fiz o primeiro cultivo de shiitake, em 2007 começamos a cultivar shimeki preto e em 2013 o eryngui. Oferecemos qualidade e constância para pessoas interessadas em uma alimentação saudável, nutritiva e deliciosa”, afirma Samuel. O produtor também trabalha com shimeji branco, Paris e outras hortaliças voltadas para a culinária oriental.

 

Akko Saladas

A Akko Saladas foi criada em 2002 pela nutricionista Maria Helena Minako Kasuya, que trabalhou mais de 20 anos no Japão em fábricas de alimentos e, quando voltou ao Brasil, resolveu utilizar seus conhecimentos. Ela montou uma estrutura para processamento de alimentos aproveitando os plantios realizados na propriedade, a fim de proporcionar mais praticidade e qualidade para as pessoas. Hoje a empresa trabalha com a venda de saladas Gama IV (minimamente processadas), sucos e caldos, todos prontos para consumo. O objetivo da Akko é facilitar o cotidiano das pessoas, oferecendo produtos frescos, saborosos e com praticidade. “Na Vila Verde queremos divulgar nossos produtos mostrando o trabalho diferenciado que vem da fazenda para a  mesa e o que pode ajudar no dia a dia das pessoas, garantindo melhor qualidade de vida e alimentação aos consumidores”, afirma Helder Kaneji Kasuya, sócio proprietário da empresa.

 

Forno

Buscando melhorar os hábitos alimentares, Pricila Cantú , fundadora e padeira da Forno, decidiu estudar o processo de produção de pães, seus ingredientes e métodos. “Eu estava em um ano sabático e pretendia voltar ao trabalho somente em julho deste ano, mas me apaixonei tanto que montei a empresa seis meses antes, em março de 2017”, disse Pricila. A Forno trabalha com a produção de pães artesanais, com receitas caseiras de fermentação natural.  O objetivo da marca é oferecer pães saudáveis, em sua maioria veganos, feitos no dia, sem conservantes ou ingredientes químicos.

 

Barro blue

A marca Barro Blue nasceu em novembro de 2014, e desde então vem produzindo, artesanalmente, difusores pessoais para óleos essenciais. Trata-se de um instrumento para aplicar a “aromaterapia” no cotidiano, uma vez que o pingente é projetado para receber uma pequena bola de algodão embebido de duas gotas de óleo essencial. O difusor, pendurado ao pescoço, é ativado pelo calor do corpo. Para Gisele Almeida, artista plástica da marca, o objetivo da Barro Blue é chamar a atenção do público para terapias complementares que podem, comprovadamente, causar bem-estar físico, mental e emocional. “Produzidos dentro da técnica da cerâmica de baixa-temperatura, modelados e pintados à mão, um a um, os pingentes são um convite ao autocuidado”, disse. Gisele acredita que a Vila Verde Catuaí vem como uma oportunidade para os expositores mostrarem suas marcas em um ambiente especialmente preparado com a proposta de promover o bem-estar entre o público consumidor.

 

Magnolia Arquitetura Floral

Criada em 2015 por Gabriella Martins, a Magnolia Arquitetura Floral tem como meta florir com estilo qualquer lugar “onde habitem pessoas felizes”, diz a empresária. “Paisagismo, encomendas, projetos especiais, workshops, cenários, noivas, festas e caixas floridas: vale de tudo para colocar a primavera na casa e na vida!”, ela diz. O destaque é a assinatura de flores, plano em que o assinante recebe toda semana um arranjo de flores elaborado especialmente para o seu lar. De acordo com a florista, a marca vem para mudar o conceito que as pessoas têm com as flores e criar um laço com elas. Na Vila Verde Catuaí, ela espera ampliar a divulgação do seu trabalho e as criações da Magnolia Floral, conhecer novos parceiros e trocar experiências, além de incentivar o consumo consciente. 

 

Chácaras São José

A Chácara S. José traz para a Vila Verde Catuaí hortaliças e frutas cultivadas aproveitando a vida natural do solo. Desde 2010 a chácara está na zona rural de Londrina, no distrito de Guaravera, sempre com princípios agroecológicos da agricultura orgânica. Dentre os alimentos saudáveis e sustentáveis por eles cultivados estão: ervilha-torta, ervilha-de-grão, vagem, tomatinhos, tomate, abobrinha, brócolis, couve, couve-flor, repolho, mostarda e morango. Daiane Vetter, produtora rural da Chácara, conta que tudo começou pela necessidade que sua família tinha de consumir alimentos orgânicos com o objetivo de promover hábitos saudáveis e consciência ambiental. “Desde então os alimentos orgânicos passaram a ser parte integral da nossa vida, procurando manter sempre o bem-estar da nossa família”, diz.  

  

Horta Chácara Santo Antônio

A Horta Chácara Santo Antônio surgiu pela vontade de seus produtores de oferecer alimentos mais saudáveis de uma forma acessível ao consumidor, devido ao aumento da demanda por esse tipo de produto. Atualmente a Horta cultiva alface, almeirão, alho-poró, beterraba, berinjela, brócolis, cenoura, couve, espinafre, rúcula, tomate cereja, rabanete, salsinha, cebolinha, manjericão e hortelã. De acordo com Roberta Oliveira de Mello, sócia e responsável pelas vendas, a Vila Verde é a oportunidade do produtor se aproximar do consumidor incentivando o uso de produtos mais saudáveis, de forma prática e viável. “É um segmento muito gratificante para se trabalhar. Como já tínhamos uma propriedade em Ibiporã, e ao longo dos anos já havíamos produzido poncã e algumas hortaliças, foi apenas uma questão de alinhar e colocar em prática nosso projeto”, diz Roberta. A Horta aposta na conexão “horta/residência” de forma rápida e eficaz, com 90% dos pedidos feitos via whatsapp que são entregues no dia seguinte pela manhã, garantindo frescor e durabilidade aos produtos. 

 

Ukalaa Trabalhos Manuais

A Ukalaa – Trabalhos Manuais busca levar a arte para o dia a dia das pessoas por meio de produtos diversos feitos à mão utilizando técnicas de artesanato. Desde 2007 a marca reúne materiais de regiões do Brasil e da América Latina para criar trabalhos únicos como acessórios com pedras naturais, costurados e bordados com pontos de macramê, arranjos e decorações para casa e instrumentos musicais. A empresária Juliane Vetter afirma que a Ukalaa une o respeito à vida e a otimização dos elementos da natureza, exercendo assim a inteligência do ser humano. “Trabalhando e pesquisando em diferentes regiões latinas, tive a oportunidade de conhecer muitas comunidades tradicionais, e assim aprender a cultura popular e os saberes de seus mestres, aplicando esse conhecimento aos trabalhos Ukalaa”, diz Juliane. 

 

 

Ateliê Regina Elena Minto Mosaicos

A arte de “desenhar” com pequenos pedaços de vidro, cerâmica, mármore, papéis e outros materiais é a especialidade da artista plástica Regina Elena Minto, que é também arquiteta e arteterapeuta. Professora da técnica, ela ensina os alunos a aproveitarem de modo terapêutico os efeitos da arte, trazendo à tona conteúdos internos através das técnicas expressivas. “Isso proporciona ao indíviduo uma forma não verbal de contato com sentimentos e emoções”, explica. Na feira do Catuaí, ela vai oferecer peças de mosaico, vasos, bandejas, porta-chaves, quadros e outros trabalhos.

 

Chão Comum

Conhecida por seus produtos  naturais e de alta qualidade,  a comunidade Doze Tribos, que reúne cerca de 80 integrantes em uma chácara na região leste de Londrina, leva à feira do Catuaí a lanchonete “Chão Comum”. Beniah Ferrari, coordenador da Doze Tribos, pretende oferecer aos frequentadores da Vila Verde Catuaí os alimentos vendidos também na loja localizada na propriedade onde são produzidos. São temperos naturais, ervas para chás, molho pesto, hortaliças e também sucos e dois tipos de sanduíches quentes. O grupo vive em comunidade há 45 anos na região do Limoeiro, área rural da zona leste.

03 - Ice Club - Combos

Catuaí recebe Ice Club pela primeira vez em Londrina

Esculturas, paredes, móveis e itens de decoração do ambiente são feitos de gelo em temperatura de 10 graus negativos.

COMBOS

Combo Congelante
Leve 5 amigos e ganhe 01 entrada para o Ice Club + 06 Chocolate Quente
R$ 150,00

Combo Glacial
Uma entrada para o Ice Club + 01 Chopp 500ml + 01 Drink Especial
R$ 35,00

Combo Descongelante
Uma entrada para o Ice Club + 01 Chocolate Quente Suiço
R$ 30,00

Combo Ice Club
Uma entrada para o Ice Club + Shot de Vodka Liberado
R$ 40,00

Festa Polar - Pacote Alaska
Dez entradas para o Ice Club + Refrigerante e Chocolate Quente Suiço FREE
R$ 300,00

Festa Polar - Pacote Polo Norte
Vinte entradas para o Ice Club + Refrigerante e Chocolate Quente Suiço FREE + 01 Combo de Vodka Smirnoff e Suco de Pessego por Pessoa
R$ 600,00